20071127

A assertividade é uma coisa linda sobretudo quando assenta no disparate ...

“Pelo facto de hoje em dia haver muitas crianças e adolescentes que passam mais tempo na Escola do que em casa ou junto dos pais, os Professores tem o dever de instruir, educar e socializar.
Todo “Professor” que não entende esta realidade, ou não a quer aplicar, por achar que essa não é a sua função, mude de profissão!
Não pode haver instrução sem educação!” (fórum da confraria sorry CONFAP)

Ou seja ... (algo do género) :
«já que: 1º. nos demitimos da função parental; 2º. não estamos com os nossos filhos nem lhes damos educação e; 3º. que são os professores que tomam conta deles ... o melhor é ... »
Nem vale a pena debater essa coisa da instrução ...

Já agora, onde é que já li esta linda expressão???: "Veja-se o seguinte exemplo: (...)"
Mais informação em "ele2007etcetal"


[JUST KIDDING]

4 comentários:

GP disse...

Li há tempos uma frase divina de um homem que me não é particularmente querido - António Vitorino de Almeida. " A educação compete à família, a instrução à escola e a cultura aos avós". A Ministra que não o ouça... para ela os pais, para já, só têm que os pôr no mundo...

Jorge Figueiredo disse...

Concordo plenamente com o comentário do António Vitorino de Almeida.
Era também a opinião dos meus pais, avós e, já agora, do meu irmão mais velho.
Só gente desestruturada mentalmente pode pretender que o papel da família é apenas parir+cama, mesa e roupa lavada.

Anónimo disse...

gp, o problema é que a ideia parece ser querida aqueles que se tomam como representantes dos pais portugueses ... Uma tristeza ...
Bjinho,
Moriae

Anónimo disse...

Jorge, essa gente destruturada é, ainda por cima, financiada pelo governo (portanto pelos nossos impostos) para propagar estas loucuras ... (o Paulo Guinote tem esse assunto bem explicado no seu blogue)
abraço,
Moriae