20071113

Breves (em 'Para onde vai o dinheiro que não temos')

Ministério da Justiça adquire viaturas de luxo

"Em época de contenção orçamental, e com a administração pública sujeita a restrições na aquisição de viaturas novas, por indicação do Decreto de Execução Orçamental para 2007, o ministro da Justiça acaba de comprar cinco automóveis topo de gama. O negócio, sem incluir o imposto automóvel (IA), de que as instituições públicas estão isentas, rondou um valor global de quase 176 mil euros (35 mil contos) e foi por ajuste directo, sem recurso a concurso público, e sem autorização do Ministério das Finanças. Poderá estar em causa a violação da lei. " (LICÍNIO LIMA, DN online)

6 comentários:

Pedro Fontela disse...

Prioridades Moriae… já viu o que era os boys terem que ir para o “emprego” numa viatura com mais de 3 anos??? Isso sim é que seria um sinal de decadência nacional… o sistema de educação a apodrecer é sinal de avanço… sinal que estamos quase prontos para privatizar o sistema escolar!

Moriae disse...

Hummmm ... cá para mim esse dinheiro seria mais bem-empregue numas lobotomias a alguns deles ... e o país ficava certamente melhor visto!
Obrigada pela visita Pedro!

Pedro Fontela disse...

Eu vou cá andando mas não comento muito ;)

Moriae disse...

Pois é ... e também, reconheço que esta coisa de filtrar comentários é pouco apelativa.

Anónimo disse...

Estas aquisições de viaturas de luxo devem ser um prenúncio dos bons tempos que se se aproximam.
Há outros, o petróleo do Brasil, o novo IKEA, etc...
JSerra

Moriae disse...

JSerra, não se esqueça do petróleo em Peniche ...
:)