20071222

Ironia pura

Futuro órgão máximo das escolas não será presidido por professores

=

7 comentários:

brotero disse...

Ao contribuir definitavamente para o enterro do ensino público, o governo do sr. Sócrates arrisca-se a ficar na história do nosso país como o governo que mais mal fez ao povo português e às gerações vindouras. Será que no país e no PS não há ninguém que diga basta a este desgoverno? Uma vergonha e um desprezo completo pelos princípios sociais, culturais e educativos da nossa população, servindo apenas para dar voz aos grandes interesses financeiros que continuam a pensar que ainda estamos no século XIX. O país precisa dum outro governo com uma política social diferente e de governantes que se batam por uma escola pública de referência dentro dum modelo educativo que defenda a excelência e não o facilitismo e que veja nos professores aliados e não alvos a abater. Entretanto, continuemos alegremente a fazer as nossas compras de Natal, pois isso é o mais importante para o futuro do país e dos nossos filhos que um dia vão emigrar…

Moriae disse...

Brotero, concordo com grande parte ou mesmo quase tudo do que escreveu.
Não acredito em qualquer governo que venha a seguir. Penso que poucas pessoas têm consciência do real estado da coisa.
Os professores, neste momento, são autênticos farrapos de dignidade. Também há excepções, como em tudo e felizmente.
Já agora, não serão apenas os nossos filhos a imigrar. Pelo menos, a querer. Falo por mim.
Bem-haja.

Moriae disse...

Leia-se emigrar.

Pata Negra disse...

Por este andar qualquer dia nem as aulas serão dadas por professores!
- Professor?!
- Abata-se!
Um abraço muito especial a todos os professores que ainda se reveem no PS!

Porca da Vila disse...

Que este Natal seja capaz de um milagre. O de trazer um rasgo de bom-senso e inteligência aos alorpados cor-de-rosa que nos governam.

Bom Natal para todos.

Um Xi Grande

Moriae disse...

Pata Negra, manda antes abraços para a malta que não se revê no PS :)

Moriae disse...

Xiiiiiiiii ... adorava acreditar em milagres! Era isso e ver uma atitude em massa dos professores ...
Beijinho, amiga PdV :)