20080319

Nascida em Lisboa a 19 de Março de 1956


Kaos em O Naufrágio da Educação

"(...) Mas, por mais que olhe, nesta viagem da ministra só vislumbro o naufrágio do barco da educação e uma tragédia que muito vai prejudicar o futuro deste país. Só consegui ver uma ministra já a afogar-se e todo um país a fazer-lhe já velório."

Remeto ainda para este texto da Graça Pimental (publicado, originalmente, como comentário aqui) e para o comentário da Renda de Bilros.

Também eu estou doente e perdi o encanto por aquilo que já um dia me deu vida.
M.

P.S. Duvido que esta mulher se consiga olhar ao espelho sem que ele se parta ...

2 comentários:

José Luiz Sarmento disse...

A ministra da educação nem sequer tem a noção dos seus deveres

Um ministro que responde a perguntas no Parlamento não está na posição de um superior que dá a um subordinado os esclarecimentos que entende. Está na posição de um subordinado que presta contas a quem tem legitimidade para lhas exigir.

Quando Maria de Lurdes Rodrigues respondeu a Ana Drago que "não tinha obrigação" de responder às perguntas feitas por esta nos termos em que tinham sido feitas, cometeu um delito de insubordinação que subverte a Constituição da República. Isto é pura e simplesmente inaceitável. Se passar sem punição é caso para termos vergonha do nosso Governo, do nosso Parlamento e do nosso País.

Anónimo disse...

o afundanço do país é mais que evidente. voltámos a história trágico-marítima. deitava os politicos prla borda fora no alto mar