20080420

O Dia de Hoje

9 comentários:

Anónimo disse...

Mas continua a dizer que a culpa é dos professores. Até quando?

Anónimo disse...

Obviamente que continuará a dizer isso e muito mais, mais grave continuará a fazer os "entendimentos" necessários à estratégia dos inteligentes que se pavoneiam nos diferentes poderes.

É assim que tem de ser... e quanto a primeiras páginas, ou outras por aí fora, nada mais é do que a junção ao carnaval da midia para a venda dos seus jornais.

Este país não tem dignidade alguma... perante o que se passa, apetece-me é vomitar... em cima deles...

Anónimo disse...

Vamos fazer um piquenique-manifestação na 5 de Outubro para que nos dêem um bilhete de avião para sair deste manicómio o mais depressa possível... E ainda há alguém que queira vir para este paraíso? Só se for em férias e com disfarce para não parecer que viveu por estas bandas.

Maria de Lurdes disse...

MLR continua igual a MLR!!
Outra coisa não era de esperar...
Mas ainda bem, porque assim não nos deixa esquecer a justa luta que estamos a travar e contribui para a nossa união.

Anónimo disse...

Uma entrevista que merece aplausos.
Um encarregado de Educação

Anónimo disse...

Uma entrevista que merece aplausos.
Um encarregado de Educação

lobo disse...

A burrice e a maldade é tanta que o único resultado é o de atear o fogo. Obrigado Lurdes.

Quanto àqueles que a apoiam, envio o meu lamento, pois esses, como medíocres que são, precisam de gurus, santos, deuses, ou o que quer que seja, para os orientar, premiar e castigar. Coitados.

Anónimo disse...

A entrevista parece esclarecedora por muito que custe aos senhores professores.
Ela fala dos alunos, dos professores, das escolas, da 5 de Outubro...
Os professores só falam de si...parece até que, uma boa parte, não alcança mais que os seus estreitos horizontes.
É pena!

Um pai (que já foi professor nos idos anos 80)

Paula disse...

É sinistra! É sinistra! É sinistra sim senhor!

O facto de estar agora mais acompanhada não torna a Ministra menos sinistra. O amigo encarregado de educação ficará pois descansado que agora o seu filho já não vai chumbar... e além disso, ficou a saber que "As nossas escolas são espaços pacíficos"... Ó amigo: por acaso não se chamará Albino? Eu chamo-me Paula. Muito prazer. Mas para o caso de ser, não mal-intencionado mas apenas, digamos, distraído, saiba que também lamento a falta de um fórum onde se explique, preto no branco e com detalhes, quais os inconvenientes desta política PARA OS ALUNOS. Quem sabe é uma falha que se poderá colmatar em breve...