20080728

Pedalar contra a Educação de Sócrates

Imagem daqui

António Morais, professor e dirigente do Sindicato de Professores da Região Centro (SPRC), escolheu percorrer 700 quilómetros de bicicleta em protesto contra as políticas de educação do Governo de Sócrates, na iniciativa «Trilhos de Esperança»

Clique AQUI para ler a notícia IOL
Clique para saber o roteiro que este nosso colega vai fazer ( da página do SPRC)
Vamos apoiar António Morais que afirma: «Abdico das minhas férias com alegria»

6 comentários:

Moriae disse...

Solidária com António Morais mas ... não partilho do slogan "abdico das minhas férias com alegria".
Graças a este desgoverno, não tenho hipótese de fazer férias 'a gosto'.

Abraço Hurtiguinha!

Anónimo disse...

Se não tivessem assinado o Entendimento tinham dado um grande contributo para a causa dos professores!

Anónimo disse...

O que é que interessa um professor, representante sindical, andar por aí a pedalar? Já toda a gente sabe que o ME e a opinião pública (vejam os comentários nos vários jornais on-line) não quer saber disso para nada!
Os sindicatos e os professores têm de lutar na altura certa e não é andarem por aí com propagandas e coisas do género que não levam a lado nenhum, excepto ao ridículo!
Volto a reafirmar: O Entendimento foi uma machadada profunda que os sindicatos aplicaram em todos os professores!!!

Hurtiga disse...

Apresentei a carta de pedido de DES-sindicalizaçao três horas após a assinatura do memorando de má memória.

Sei que, a pouco e pouco, o carnaval se vai instalando pelas escolas deste país.

Alguns profs, gentinha, estão TÃO FELIZES. O poder, mesmo que seja "zinho" agrada...

Sei que grande parte dos professores baixaram os braços e depuseram as armas.

Toda e qualquer iniciativa que marque a diferença deste "aborregar", vejo-a com bons olhos.

Sei que em Setembro os sindicatos ligados à Fenprof aí estarão a solicitar colaboração. Sei que muitos dirigentes sindicais estiveram contra o "acordimento" (acordo+entendimento).

Por tudo isto e muito mais que aqui não cabe, estou solidária com António Morais.

Por tudo isto e muito mais estarei disposta a colaborar para continuar a dizer ao governo que estou contra a sua política em geral, e em especial no que à Educação diz respeito.

Não miluZINHA, continuo sem gostar de ti.

E já encontrei o verbo do neologismo "escarrapachachar". assenta-te que nem ginjas!

Anónimo disse...

ainda bem que esse tipo não esteve na minha escola... bolas!

Hurtiga disse...

Caro último anónimo,
isso já são pormenores que nos
ultrapassam e, muito provavelmente, tricas de menor importância.