20081021

De acordo!!!

23 comentários:

Anónimo disse...

concordo manifestação dia 8

Ana, professora disse...

Não sei porquê, mas hoje deu-me para a poesia. E lembrei-me de uma estrofe dum poema do Cesário:

Mas cuidado, milady, não se afoite,
Que hão-de acabar os bárbaros reais;
E os povos humilhados, pela noite,
Para a vingança aguçam os punhais.

Hurtiga disse...

Eu finalmente percebi a urgência dos sindicatos ao marcarem a manif. para o dia 8 e, dessa forma, demarcarem-se da manifestação dos professores marcada para 15. Veja-se o cartaz: agenhttp://topodacarreira.wordpress.com/2008/10/19/8-de-novembro/

É TUDO OITO! Como se o que aconteceu no primeiro 8 que referem fosse conquista unicamente dos sindicatos!(Pagaram os autocarros? Tudo bem! Justiça lhes seja feita por isso) E o resto? Conseguiriam mobilizar TANTA gente? Náááááááá!

Para além, claro está, das outras razões que foram apresentadas... todas elas de extrema importância e gravidade...
AFINAL, QUEM É QUE SE DEMARCOU DE QUEM?

Este é o pormenor de que alguns se estão a esquecer!

Anónimo disse...

Será que os Professores que vão à manifestação da Plataforma, no dia 8 de Novembro, apenas e só porque têm transporte grátis, já pensaram que o fazem à custa de todos aqueles que são sindicalizados, pagam quotas e que vão, porventura, no dia 15? E que os que vão no dia 15 têm de pagar duas vezes? No dia 15, pagaremos do nosso bolso, mas iremos de cabeça erguida e livres das habituais palavras de ordem ensaiadas pelos sindicatos… Portanto, não foram os sindicatos que pagaram os autocarros do dia 8! Fomos nós! E, desta vez, que vamos a 15, teremos de pagar duas vezes,mas há valores que não têm preço!!

Anónimo disse...

Quem os manda ir no dia 15? Quem representam? Uns divisionistas que estavam a aproveitar uma oportunidade para se vingarem do Mario. Porque nao falam do outro sindicato? Ah pois é

Anónimo disse...

Ninguém os representa! São suficientemente inteligentes para se representarem a si próprios!

Lourenço

Anónimo disse...

" vingarem do Mário" ?! Porquê? Tinhamos motivos para isso? E quem marca uma manifestação em primeiro lugar é que divide? Percebo porque vai a 8...

Hurtiga disse...

O Mário já provou que não é "super-Mário"... E teve agora a altura de se redimimir... não o fez... Tenho pena! Não do Mário, claro está! Mas de ele não o ter feito!
Des-sindicalizei-me no dia da maldita assinatura e decidi não me re-sindicalizar (porque já tinha colocado essas hipótese) no dia em que essa manifestação do dia 8 foi marcada.

Hurtiga disse...

Ah! E esqueci-me de dizer que "o outro sindicato" (a qual dos tantos que existem se referiria o anónimo?)já era há muito tempo, se estamos a pensar no mesmo... Já estávamos habituados à traição co esses senhores! E não é o "Mário" que encabeça a Plataforma? AH! POIS É!...

Moriae disse...

Confesso que sinto falta de um sindicato que me represente. Também coloquei a hipótese de me voltar a associar ao SPRC mas realmente, não dá ... Não me identifico minimamente com o espírito actual ou que agora se me apresenta ...

No entanto, caso se entendam as frentes e haja um acordo onde nenhuma parte saia prejudicada, estarei com gosto numa manifestação conjunta, tal como no passado recente. E contribuirei do melhor modo que conseguir!

Anónimo disse...

Mas quem marcou primeiro foram os sindicatos porque eu nao reconheço qualquer representatividade aos grupos de professores que por blog decidiram marcarem uma pseudomanifestação

Anónimo disse...

o anónimo das 20:11 julga-se Deus ...

Anónimo disse...

isabel Diz:
Outubro 21, 2008 at 3:30 pm

O que anda a fazer a Drª Ana Benavente (PS) a almoçar com o Sr. Machaqueiro? será que os movimentos se movimentam ao sabor dos interesses partidários, ou a dita senhora ainda pretende chegar a ministra?

http://educar.wordpress.com/2008/10/21/o-risco-existiu-sempre-a-inutilidade-e-que-se-tornou-obvia/#comment-101909



comentário no blogue "A Educação do meu Umbigo"

Anónimo disse...

É pena que não haja um entendimento, para uma manifestação conjunta. Receio que os professores saiam penalizados pela divisão de forças, o que irá servir os intentos do M.E.
Com toda legitimidade que os dinamizadores da manifestação do dia 15 tenham, em face da traição perpetuada, através da assinatura do fatídico memorando, pela plataforma sindical, devemos ser realistas.

Quantos de nós estaremos dispostos a comparecer em Lisboa para uma manifestação, da qual se desconhece os seus principais subscritores?

Sem a logística de uma mega organização, como foi aquela dos 100 mil, quantos se meterão ao caminho e percorrer muitas centenas de Km?

Com muita pena minha e não querendo ser pessimista, julgo que muitos poucos aceitarão o repto, à excepção claro, dos professores da área de Lisboa, pelas razões atrás referidas, em comparecer à manif. do dia 15.

Pelos vistos vamos ficar todos a perder.

Anónimo disse...

Quem luta por aquilo que considera justo e digno, nunca fica a perder!

Anónimo disse...

( 20.11)

Se não lhes reconhece representatividade( e ainda ninguém a reclamou!, qual a razão por que se preocupa tanto com eles? Quer ir a 8, não é? Vá a 8...e boa sorte!

Anónimo disse...

Subescrevo o que antes foi dito!

Anónimo disse...

As manifestações são secundárias, porque ao Sócrates não interessa o número de manifestantes mas o número de votantes.

O que importa é conquistar a opinião pública, através dos Media e dos pais.

Reenviem para os mails dos jornais e das tvs os protestos dos profs e dos pais.

paula montez disse...

Sugestão: E se os movimentos se entendessem entre si e combinassem fazer uma delegação em representação dos professores que estarão a 15 de Novembro naquela manifestação, delegação esta dos movimentos que iria à manifestação de 8 de Novembro, levando consigo uma enorme faixa que a comunicação social não pudesse deixar de ver, a qual dissesse qualquer coisa como: "somos professores, exigimos a retirada da assinatura dos sindicatos do Memorando do Entendimento. Manifestação 15/Novembro". Logo se via no momento se lhes seria dado o direito de intervir no tal plenário do dia 8. Claro que a ideia de fazer uma manifestação a 15 se manteria, justificando-se fossem quais fossem os resultados desta delegação. Gostava de ouvir comentários a esta proposta.

Um abraço a todos

Arrebenta disse...

Acho maravilhosa, Paulinha. Os visados vão adorar... :-\

Anónimo disse...

Nem sempre (quase nunca!) as melhores propostas são as ganhadoras.
;-) PM

Moriae disse...

Paula, acho a ideia excelente! Passa a ideia pelos movimentos!!!
Abraço,
M.

Anónimo disse...

Paula Montez,

Essa exigência da retirada da assinatura dos sindicatos do acordo com o ME, vai ser apresentada. Mas não na manifestação de dia 8.