20070927

A REVISTA HISTÓRIA ACABA!?

«A revista "História", única no género em Portugal, deixou de contar com alguns apoios oficiais (porte pago, apoio do IPLB, etc), e deu por terminada a publicação no nº 100 desta nova série. Fernando Rosas despediu-se de director em cargo, mas Luís Farinha procura meios para retomar a publicação. Apoios de qualquer género precisam-se: mecenato de um banco, de uma empresa, de uma fundação, anúncios, recolha de assinantes, apoios estatais, etc. Com cerca de mais 10.000 euros / ano, a revista volta às bancas. É algo de irrisório. Não se pode deixar morrer uma publicação que tem mais de 30 anos de história. Uma publicação que era / é mais publicada pela carolice de alguns (Entre os quais este vosso amigo, colaborador da "História" há muitos anos).
Assinem a petição, no link que aí vai por baixo, divulguem, protestem. Se estiverem de acordo com o movimento.
Um abraço
--
Lauro António»

2 comentários:

Flávio Josefo disse...

Se a revista História apostasse mais na divulgação da história sem estar demasiado apegada à História Contemporânea. Se apostasse num público mais vasto. E se não fosse escrita para satisfazer o umbigo de alguns talvez não estivesse na situação em que se encontra.
A história é do interesse do público e há tanta gente que pode escrever sobre coisas interessantes, porque se teima sempre nas mesmas coisas e autores?

Moriae disse...

Bom ponto Flávio. Há que passar a ideia. Entretanto, mais vale que não acabe, não acha?
Obrigada,
M.