20071125

Não esquecer reforçar o stock de anti-depressivos, ansiolíticos e ...

repelente de insectos.

4 comentários:

Moriae disse...

Esqueci-me dos vermes rastejantes. Ficam lá muito bem.

Anónimo disse...

VERYGOODINDEED

Paula Barros disse...

Claro que cada vez precisamos mais de antidepressivos e ansiolíticos....a realidade que nos esmaga a isso obriga, mas, cuidado, se a venda dispara,o Ministério da Saúde ainda nos retira a comparticipação.
Quanto aos insectos, falando de uma forma geral, são chatos....mas são criaturas de Deus. Quanto áqueles a que nos referimos acho que o que mais se aproxima de repelente é o que se chama "eleições", .....mas ainda assim, tal como as estirpes da gripe, qual seria a certeza de que outros não apareceriam?

Estar atentos, falar, indignar-mo-nos, não darmos tréguas, 'denunciarmos', sermos chatos, fazermo-nos sempre PRESENTES - penso que este é o caminho para já.
Obrigada por terem lido

Paula Barros

Anónimo disse...

Eu proponho que se use trigo roxo. Não sei se ainda existe mas, de qualquer modo, deve haver algo que o tivesse substituído. Não nos esqueçamos que os ratos, para além de serem nojentos, são reponsáveis pela propagação de doenças e multiplicam-se muito rapidamente. Não há tempo a perder...