20080131

«Ministra prefere "Eu Vi Um Sapo" à música clássica »


«O que interessa à ministra da Educação, Maria de Lurdes Rodrigues, é "ter um milhão e setecentos mil jovens a cantar 'Eu Vi Um Sapo', no Estádio Nacional", em vez de 17 mil jovens "com formação de qualidade".»
Wagner Diniz, director da Escola de Música do Conservatório Nacional, em Lisboa.

Fonte:
24 Horas, João Nascimento

10 comentários:

José Luiz Sarmento disse...

Por uma entrevista dela que ouvi, fiquei com a ideia que Milu Rodrigues prefere, para si própria, música clássica. Mas para os portugueses não há dúvida que prefere «Eu Vi um Sapo».

JSerra disse...

Espero que este blog termine muito rapidamente!

Vieira Calado disse...

Devíamos tentar que as crianças cantassem:

eu vi uma osga...

Saudações

Moriae disse...

José Luiz,

esse gosto da senhora não abona nadinha em prole da música clássica ...
abraço

Moriae disse...

JSerra,

de todo!
Apesar de ter bons momentos e recordações aqui ...
Abraço

Moriae disse...

Vieira Calado,

coitadinhas ... já andam tão baralhadas ...

Moriae disse...

E saudações solidárias, Vieira Calado!

Jorge Figueiredo disse...

Tenho um sobrinho professor no Conservatório de Aveiro que também não entende as mudanças exigidas no ensino da música, considerando-as profundamente negativas. Eu próprio com uma formação musical superior à média (infelizmente na altura certa não tive o discernimento para a completar...) também acho que os resultados serão comparáveis aos que se antevêem para o ensino público.
Saudações Moriae

Moriae disse...

Jorge, totalmente de acordo. E já agora, basta ver como é tida a música no Básico. Um professor, 200 alunos mais sabe-se lá quantas funções. Nunca percebi porque não se revoltam os professores de música! São uns belos cordeiros também esses ...

SOLFEJO disse...

Aposto que a música clássica preferida da Sinistra é a de Malher.