20080306

PSP visita escolas para recolher informação sobre manifestação


Ministério da Educação explica-se

"PSP visitou duas escolas de Ourém para saber quantos professores vão à manifestação

Dois agentes da PSP de Ourém foram hoje a duas escolas daquela cidade para saber quantos professores vão participar na manifestação de sábado em Lisboa, uma ordem que o Governo Civil de Santarém diz ter partido da direcção nacional da polícia.

«Eles apresentaram-se na escola para saber qual era a previsão de pessoas que iriam à manifestação nacional», disse hoje à Lusa uma fonte do Conselho Executivo da Escola Secundária de Ourém.

«Fiquei bastante surpresa, mas os agentes (que se apresentaram à civil) alegaram que tinham ordens superiores e que tinha a ver com a concentração de trânsito em Lisboa», acrescentou a mesma fonte.

Fonte da escola básica 2,3 D. Afonso IV também confirmou a presença dos agentes à paisana, afirmando que estes quiseram saber os “valores percentuais” de professores que iriam à manifestação." (DESTAK.pt, 06 | 03 | 2008 20.11H)


(à esquerda, PrtSc do SOL)

1 comentário:

Gato Preto disse...

Ao que chegámos. O governo e o Partido Socretino revelam a sua verdadeira natureza: a Milú e os seus "cães de fila" a aparecer em todas as televisões A MENTIR DESCARADAMENTE e, agora, as tentativas de intimidação próprias de um regime autoritário. Daí que me pareçam cada vez mais fundadas as suspeitas de colegas de um movimento de que os seus telefones estariam sob escuta e os seus computadores pessoais vigiados. Putin fechou a Praça Vermelha para o sr. Pinto de Sousa correr. Deve ter-lhe também ensinado várias técnicas de intimidação da oposição.
Entretanto, a "boyada" socretina sai do seu "covil de ratazanas", tentando fazer passar a ideia de que se tratariam de falsos polícias. Será que não enxergam o ridículo da sua argumentação? Nem eles próprios acreditam nisso. Mas, para agradar ao "querido líder" e à sua "favorita", são capazes de tudo. Cada vez mais vejo que aquele partido está transformado numa verdadeira "associação de malfeitores".
Colegas, não nos vamos deixar intimidar. Aliás, estas manobras desesperadas da camarilha socretina, só vão contribuir para levar mais gente a Lisboa. Vamos encher a capital e transformar a nossa Marcha da Indignação na MARCHA DA LIBERDADE.