20080414

NOTA MAIS IMPORTANTE DA SEMANA

"O responsável [MÁRIO NOGUEIRA] admitiu contudo não rubricar o documento se, durante o dia de manhã, quando este for explicado aos docentes em escolas de todo o país, estes se manifestarem contra a assinatura: «Só admitimos não assinar se durante o dia de amanhã [terça-feira] os professores nos disserem que não se revêem no entendimento».
Mário Nogueira reagia assim às críticas de alguns movimentos de professores, que acusam a plataforma sindical de ter cedido ao Ministério da Educação (ME) na questão da avaliação de desempenho dos docentes. (...)" (Destak.pt)
Notícia relacionada:

3 comentários:

Anónimo disse...

Questão para reflexoão:
" E se forem conferidas às Escolas competência para contratação de professores?"

Moriae disse...

E se deixasse de vir para aqui repetir o que diz no blogue do P. Guinote sob o nome de Trabalhador da silva?

Já agora, seria a CONFAP a contratar?

Leia o que lhe respondemos ontem:
http://sinistraministra.blogspot.com/2008/04/o-acordo-no-deve-ser-assinado.html

Gato disse...

Se assim fosse você não seria contratado por não ser professor mas um borra-botas