20080509

Falha técnica mantém alunos sem aulas [1]

ADENDA ÀS 14:06: A Paula já se pode ir apresentar à escola! :)

*****
Olá colegas, estou com um problema que não está a ser nada fácil de resolver.
Alguns já o conhecem, para aqueles que ainda não ouviram falar, aqui fica um resumo:
- deveria estar colocada desde o dia 28 de Abril, mas devido a um problema que não é da minha responsabilidade, tal ainda não foi possível, continuando os alunos sem aulas.
Podem ler parte da história no meu blog: Falha técnica mantém alunos sem aulas
No ProfAvaliação foi lançado um apelo ao director geral da DGRHE no sentido de resolver este problema.

Se acharem conveniente, agradecia que colocassem o texto, ou a referência nos vossos blogs (caso ainda não tenham).

Envio o texto em word.

Obrigada,

Paula Martins"
___
Nota: o texto que a Paula enviou encontra-se publicado, na íntegra, em Falha técnica mantém alunos sem aulas [2]

8 comentários:

storaPaula disse...

Obrigada!

Moriae disse...

De nada, Paula.
A situação é terrível! Não sei se é sindicalizada mas, já colocou a questão num sindicato, ao Gabinete Jurídico?

Entretanto, como a sinistra está a ficar com problemas de espaço, coloquei o 'diário de bordo' que enviou em Falha técnica mantém alunos sem aulas [1]

Força, colega!
Abraço solidário,
M.

Joana Dalila Santos disse...

É impressão minha ou estas coisas acontecem todos os anos? Sensação de deja vu*

storaPaula disse...

moriae:
Sou sindicalizada e já coloquei a questão ao meu sindicato, o qual está a acompanhar o caso e a ajudar naquilo que tenho solicitado.
Queria uma resolução "pacífica" e rápida, embora a rapidez já não seja possível.
Mas vou fazer o que for necessário...

joana:
acredito que estas coisas se vão repetindo e assim continuará se o problema não for resolvido.
A divulgação do caso tamém pretende recolher informações sobre outras situações idênticas.

Moriae disse...

Paula,

a mim, aconteceu-me uma parecida:

concorri em 2005 e pretendia destacamento para a Educação Especial. No entanto, a aplicação não me permitiu assinalar a cruz no sítio respectivo (não queria mudar de grupo mas sim destacamento). Inocentemente, achei que não era possível ... E não reclamei.
Soube posteriormente que nesse dia, aconteceu o mesmo a outras colegas mas elas perceberam e resolveram o assunto. Resultado, estava deste 1997 na Educação Especial e tive que voltar a dar aulas no grupo de origem onde apanhei 9 turmas, 200 alunos etc et al e ... durante 3 anos, não consigo mudar.

Enfim, não deixei de trabalhar mas apanhei uma espécie de depressão.

Moriae disse...

Joana,

não se pode confiar em nada ... e isso é mau para quem não é assim por natureza ...

bjinho,
M.

storaPaula disse...

Moriae

Já posso ir apresentar-me à escola.

Obrigada, mais uma vez.

Moriae disse...

Boa, Paula!
Que bom!
tudo de bom!
Bjinho,
M.