20080606

Pudera ...

"Não me impressionam os números", diz José Sócrates

Imagem do querido amigo Kaos


O espécimen raro disse que os números não o impressionam (referia-se à Manifestação da CGTP) Cá para nós, até se compreende. Por um lado, os esquemas dos sindicatos (por outro, coisas do tipo alegoria da caverna -mais simples, evidentemente- tipo 'boi à frente de um palácio' i.e. fazia-lhe bem tirar um cursito oportuno ...).

São só alegorias, metáforas etc et al ... [muito gosto eu de escrever por extenso estas coisas ...]

3 comentários:

Maria José disse...

A ele, não o impressionam os números que não lhe convêm. A nós, graças a Deus, (se é que Deus existe?)continua a impressionar-nos tudo o que dele vem... É bom sinal! É sinal que ainda não nos habituámos à besta!
Sempre actual o "nosso" bom Eça:

http://faroldasletras.no.sapo.pt/eca_queiros.JPG

Maria de Lourdes disse...

Pois, não o impressionam os números que o impressionam...

Os 100000 profs na rua tb o não impressonaram, mas
apressou-se a promover o assim chamado "entendimento".

Só sao impressionantes os números que ele e o seu governo "vomitam" cá para fora...

Valha-lhe "Sto Ambrósio e o S. Jerico" tb!!!

Moriae disse...

Esse entendimento da desgraça dos professores? Tá bem tá ...