20081021

A angústia de um homem de Bigode, no momento de tentar enfiar uma farpa no Complexo de Elektra de uma traumatizada ex-aluna Casapiana

Imagem do PROTESTO GRÁFICO
Vocês andam cheios de sorte, porque, ultimamente, eu ando de bom humor. Ora, quando eu ando mal humorado, detesto que gozem comigo, e, quando sorrio, ainda detesto muito mais.
Vamos direitinhos ao assunto: era uma vez um país de homens de bigode. Isso é do tempo dos afonsinos, em que os homens, sempre obcecados com o tamanho da "coisa", e impedidos de andar com a "coisa" de fora, para se medirem uns com os outros, recorriam a uma metáfora, e deixavam crescer uns pelos, debaixo das narinas.
A mensagem era subtil, como todos os pensamentos da Rosa Lobato de Faria: quanto maior o bigode maior a "coisa".
Havia "coisas" para todos os gostos e tamanho: pequeninas, à Hitler; farfalhudas, à pielas de Manuel Alegre; retorcidas nas pontas, à garupa da Sarah Palin; inchadas, como o botox da Manuela Moura Guedes, ou ralas, meros buços, como a inteligência de Vítor Constâncio.
Isso era no Tempo da Abundância, quando os cavalheiros desciam o Chiado, e davam bengaladas uns nos outros, sempre que o Millennium-BCP da época branqueava capitais, ou o BPN escondia os buracos financeiros por debaixo do tapete, e a Caixa Agrícola falia, num "ai" tuberculoso, de IV Acto da "Traviata".
Depois, com o esvaziar da Ampulheta, os últimos bigodes viram-se em 25 de Abril de 1974, onde toda a gente queria mostrar que tinha uma "coisa" grande, esperançosa e revolucionária.
Ai, que saudades!... Está longe, como Alcácer-Quibir, não é?... Porque depois veio a Crise, e imperou a Lei das Incompatibilidades, e, ou se tinha bigode em cima, ou... em baixo.
Mário Nogueira, supomos, optou, em 2008, pelo bigode de cima, e caiu numa terrível ratoeira, e aqui vamos ter de começar a ser objectivos, para construir o silogismo, e os factos reais, comprováveis e cientificamente tratáveis são os seguintes:
1) Mário Nogueira tem bigode
2) Eu desconfio de homens de bigode
3) Os homens de bigode necessitam sempre de mulheres autoritárias e dominadoras
4) Maria de Lurdes Rodrigues ADORA e precisa de homens de bigode, que lhe fazem lembrar o Pai (Freud) Ausente
Dadas as quatro situações anteriores, as conclusões tornam-se, agora, watsonianas: Mário Nogueira quer mostrar a toda a gente que tem a "coisa" grande, mas a "coisa" grande é incomprovável, porque ela é hoje um Gato de Schrödinger: como só se pode ter o bigode em cima, ou em baixo, se se quiser comprovar o bigode de baixo, imediatamente ele ressalta para cima, e nada se sabe; se se olhar para o bigode de cima, dada a Lei das Incompatibilidades, nada ficamos a saber sobre o bigode de baixo.
Simples, não é?...
A notícia de que os "agitadores", velha categoria herdada dos tempos do Maior Português de Sempre, tinham começado a pôr a circular uma sms, dizendo que os Professores se iam "conciliar" com os seus maravilhosos Sindicatos de Bigode, pôs-me imediatamente um sorriso às listas, como o do Gato da Alice, e comecei eu, imaginem, a afiar as pontas do meu próprio bigode...
Nem vocês imaginam, caríssimos leitores, o estado de pólvora em que fico, sempre que me tocam no bigode: como se diz em bom Português, vai tudo raso, e hoje é uma pequeníssima ante-câmara de eu começar a pôr tudo a ir mesmo raso, e vai já de seguida: Sr. Mário Nogueira, nunca o conheci de lado nenhum, como não assisto aos programas do Goucha (outro, de bigode), ou aos "Gatos Fedorentos", e só o ouvi, finalmente, referenciado numas quantas anedotas de mau gosto.
Prefiro qualquer Bergmann aos Sindicalistas.
Sei que assinou um contrato, onde atraiçoou 100 000 pessoas, com uma pessoa que nunca fez um "mea culpa" da sua cumplicidade em diversos homicídios involuntários de Juntas "Médicas", coisa que NUNCA lhe perdoarei, e que, mandasse eu, já lhe teriam valido um valentíssimo olho da rua há anos, mas mesmo muitos anos!...
Do que tenho lido pela Net, o Sr. e mais os seus sequazes, estão-se a preparar, mais uma vez, para fazer "surf" numa onda que não é vossa.
Acontece que há uma Classe Profissional, que, ao longo dos últimos anos, foi ferozmente ofendida e vilipendiada por um Poder Repugnante, cuja hipóstase é essa mulher-a-dias que puseram como Ministra da Educação, conhecida nalguns altares pela "SINISTRA MINISTRA".
Acontece que dessa classe profissional depende todo o futuro de Portugal, porque é ela, e só ela, que educará as Gerações Futuras. Se não tiver condições físicas, nem estabilidade psicológica, para cumprir a sua tarefa, iremos regredir, com sequelas muito mais graves do que as quotidianas trafulhices de Bolsas e Bancos de um Sistema Parolo: Sr. Nogueira, nós regrediremos à Idade Média, com a sua complacência e a dessa Incompetente que insiste em tutelar a 5 de Outubro.
O meu conselho é, pois, muito simples: se ainda não sabe, eu domino a PALAVRA, e a palavra -- in principio erat verbum -- é criativa e pode ser fatal. Imagine um cenário em que frases de mérito subitamente se unem com imagens cruciais, e o Sr., os seus acordos, e a Bruxa da 5 de Outubro são tsunamicamente transformados num puré como nunca sonharam!...
Hoje, como ja viu, estou profundamente romântico: estou a viver, intensamente, este Verão Indiano de 2008, com temperaturas como eu adoro, e com o País a afundar-se na direcção que eu bem previra, e é por isso que, com muito amor, acredite, com muito amor, por si, por todos os homens de bigode, e pelas engomadeiras autoritárias que hoje, madrugada do dia 21 de Outubro lhe vou deixar aqui um amigável convite blogosférico: lembre-se de que a hora é de União, e, assim sendo, desconvoque a sua Palhaçada de 8 de Novembro, e venha juntar-se aos mais de 100 000 que, Dia 15 de Novembro, virão descer a Avenida da Liberdade.
Já imaginou que a sua sobrevivência pode estar dependente do Cataclismo desse Dia?...
Saudações Democráticas de quem muito o estima, e tudo de melhor para si deseja.
P.S - Dê um grande beijo meu à Lurdes, quando a vir... A partir de hoje, é a Guerra.

(Pentagrama guerreiro, no "Arrebenta-SOL", no "A Sinistra Ministra", no "Democracia em Portugal", no "KLANDESTINO", e em "The Braganza Mothers")

22 comentários:

Anónimo disse...

O autor desta coisa será mesmo professor?
Não será apenas alguém muito preocupado com brincadeiras e bigodes?
Ceto certo é que está convencido de que tem piada...
Pena que brinque com tema sério, mas as paidas passam e, felizmente, a força dos sindicatos fica, segue e dá frutos.

Moriae disse...

a vossa manha para saber se é professor ... já não é a primeira vez ...

a forca dos sindicatos? sim, essa segue bem ... em acordo, harmonia perfeita, com esse vosso entendimento e desprezo aos professores mas não se esqueçam ... têm 14 meses até saltarem todos.

Anónimo disse...

Esta tem muita piada. Não tens mais que fazer?

Anónimo disse...

Manifestação dia 8.

Anónimo disse...

Não porque mas cheira-me que gostas muito de bigodes e de que maneira. Quem desdenha quer comprar.

Anónimo disse...

Poupem essas vossas energias, o momento não é de divisão...É URGENTE que o entusiasmo e a mobilização de todos (nas escolas, na net, nos movimentos) se junte à experiência e à capacidade organizativa que toda a gente reconhece aos sindicatos. SÓ JUNTOS podemos ter mais força que a soma das partes.
É já no dia 8.
Teresa Roldão

Hurtiga disse...

O Arrebenta professor? Não confirmo nem desminto.
Se o Arrebenta não tem mais nada que fazer?
Seja professor que não seja, o Arrebenta tem certamente muito mais a fazer do que os sindicalistas que já não são professores há muitos e muitos anos!
Com a minha cota mensal é que vocês já não se lambem mais! Desde o dia em que "botaram assinadura" "naquela coisa abjecta".E, diga-se de passagem que, tirando a revista que volta e não volta aparecia cá em casa e a porcaria da agenda que enviavam anualmente, ainda não senti a vossa falta!
Para além de que trinta e tal euros por mês que me ficam no bolso, dão muito jeito, compro muitas revistas e agendas e ainda me sobra algum para gelados e bigodes para o Carnaval.
Passar bem!
Manifestação é no dia 15!! Já que insistem em descredibilizar e desunir!
TODOS A LISBOA NO DIA 15 DE NOVEMBRO, CHOVA OU FAÇA SOL!

Ana Paula Pires disse...

A manifestação do dia 15 convocada pelo discurso anti-sindical, com propósitos nitidamente anti-sindicais e insultuosos para com os professores que são dirigentes sindicais da FENPROF é convocada pela ministra, pelo valter lemos, pelo sócrates e pelos deserdados do Partido Socialista que "pairam" na blogosfera disfarçados de professores revolucionários e pós-modernos que estão a fazer a revolução entre os professores, dizem eles.
Ana Paula Pires

Anónimo disse...

Muito bem Ana Pires.

Anónimo disse...

Ó urtiga cantas bem mas nao me alegras. manifestação dia 8

Hurtiga disse...

Nada bem Ana Pires!
Estou-ma a ***** para a ministra.
Não votei nem nunca votarei Sócrates! Se eles estão no poleiro, não foi com a minha ajuda! Quem sabe com a das Anas Pires e de outros anónimos que tais que agora renegam por vergonha a miserável cruzinha que fizeram no boletim de voto...

Hurtiga disse...

Quanto ao facto de eu cantar... não o faço porque não tenho grandes motivos para isso, mas já quanto a gritar, ui aí, desde que a voz não me doa, grito! Ó se grito! Quem quiser comprovar, é só estar presente no dia 15 a partir do Marquês de Pombal. AH! E também costumo levar cartazes muit'a giros!

oraBolas disse...

até pode ser anti-sindical, porque não - obrigado pela assinatuta do entendimento(?), mas o dia 15 é que é
TODOS NO DIA 15

Maria Lourenco disse...

Credo! Que texto horrível!!!!Que boçalidade!!!!
"Domina a palavra"????Hummmmm... "Criativa???" Hummmm... "pode se fatal"??? Hummm... Talvez, para si.
É docente?? e os seus alunos podem identificá-lo com isto???!!!!

Maria Lourenço

Anónimo disse...

Votei sócrates e vou continuar a votar. O tempo das facilidades acabou ainda bem.

Anónimo disse...

Grita grita vê lá se te engasgas. Se calhar no dia 15 até vais gritar sozinha eheheheheheh

Anónimo disse...

Este anónimo, se votou Sócrates e vai continuar a votar:
1º- não será certamente professor,
2º- deve ter um brutal tacho,
ou, na outra hipótese que resta, se nada do que atrás foi dito for verdade, deve ser masoquista, já para não dizer outra coisa!

Anónimo disse...

Ó pessoal nao estejam nervosos.

Arrebenta disse...

Não costumo responder a comentários: abro uma excepção.
Sou Cidadão Europeu, e Português, maior de idade, Escritor, e exerço, na Blogosfera, tal como na Atmosfera, os meus direitos cívicos.
Profissionalmente, desempenho actividades consideradas respeitáveis.
O "post" calhou ser hoje sobre os Professores, mas vai haver mais, pois vai.

P.S. - O texto, evidentemente, é SÓ sobre bigodes, ou alguém cometeu o abuso de extrapolar?...

Ana Paula Pires disse...

Cá me pareceu que o arrebenta gosta de bigodes - assuma-se e "saia do armário".Também me "cheirou" que não é professor.Nem deve ser sindicalizado em sitio nenhum.Mas é um revolucionário de cadeira. Deve acrescentar no currículo que nos deu a conhecer que é um Sócretino das Ideias sobre o que é um sindicato e o que é um dirigente sindical.
O hurtiga e o orabolas leram e analisaram o Entendimento? Ou ficaram só pelo que ouviram os socretinos dizerem para vocês dizerem? a iliteracia fica-vos mal se são professores...
Vamos a Lisboa dia 8, como já fomos dezenas de vezes, ao longo de 26 anos, e vamos unidos com aqueles que têm estado sempre com os professores,nas escolas, nas ruas, nas lutas contra este ministério e todos os outros que por lá passaram e têm destruído a nossa Escola Pública.
Ana Paula Pires

Anónimo disse...

a hurtiga é danada

Hurtiga disse...

Eu hoje estou muit'a bem disposto(a)??!
Fico à espera que a sô dótora Ana Paula me explique o que é essa coisa da iliteracia ou litotrícia ou lá o que é... Para depois poder ver se m' alembra o tal papel abjecto que me deixou de náuseas durante quinze dias e a que deram o nome de "entendimento" e que eu baptizei ( o "p" antes do "t" por causa do desacordo ortográfico!),retomo então o que dizia, a que eu dei o cognome (que é isto? Tenho de ir buscar o dicionário... esperem só um bocadinho.... Já 'tá!...era aquilo que eu pensava!), como dizia, dei o cognome de "acordimento"! Não é lindo o nome? Resultou do cruzamento do acordo que fizeram com o tal entendimento que fizeram crer!

Ora aí está!

Mas ó gentes! Cada um vai quando quiser ou querem-me obrigar a ir até Lisboa no dia 8 de Novembro?
Eu desenvolvo uma espécie de alergia quando regresso à capital nos dias 8... Ficou como que um caroço entalado na garganta que ainda não foi para baixo, que hei-de eu fazer?

Para além disso, quem manda em mim sou eu e como até sou apartidário(a)?? não devo dever de voto a ninguém!

Pois querem ir a 8? pois vão que eu não vos impeço... Por quem sois!
Mas que andam tão nervosos! Porquê?

Carpe diem! Lá tem de vir o dicionário outra vez...

Txe! Txe! sou danada! PERQUÊ?