20081014

'Parece que se acabaram as dúvidas ...'

Imagem e texto da autoria doO sinistro veneno

"(...) Parece que se acabaram as dúvidas de que lado da barricada se coloca o Mário Nogueira nesta luta. Se não é ao lado dos professores, o que o memorando já fazia crer, só pode ser do lado da Sinistra. Andar a dizer que quer combater as politicas do Ministério não é suficiente para fazer crer que está do lado certo. Para lá estar tem de aceitar a opinião e a decisão daqueles que diz representar. Será que questionou os seus associados sobre o assunto ou simplesmente lembrou-se de dizer isto e, fê-lo em nome próprio, da Fenprof ou da plataforma sindical?
Na altura da assinatura do memorando afirmei que o Mário Nogueira ia morder a maça envenenada da Bruxa da Educação, agora parece-me que, Mário Nogueira é o próprio veneno na luta dos professores." (Kaos)

9 comentários:

Safira disse...

Soube há poucos minutos por um dirigente sindical afecto ao PSD que os sindicatos poderão convocar uma manifestação para dia 7 ou 8 de Novembro, antecipando-se assim ao 15 de Novembro marcado pelos movimentos. Perguntei-lhe porque não se juntavam aos movimentos e a resposta foi: "Isso não nos interessa para nada". Posto isto, continua o meu ceptismo!

Pedro Castro disse...

Moriae

Como te dizia eles acabrão por vir

"Plataforma Sindical dos Professores promove conferência de imprensa


A situação que os professores vivem nas escolas é insuportável. Os horários de trabalho são pedagogicamente inadequados, situação agravada pelo facto de, o próprio ME, estar a pactuar e promover ilegalidades; a aplicação do modelo de avaliação do desempenho começa a pôr em causa o próprio desempenho dos docentes; o regime de concursos provocará situações de ainda maior instabilidade, caso as alterações propostas pelo ME venham a ser impostas… só para referir alguns dos motivos que estão a contribuir, mais fortemente, para o ambiente muito negativo que se vive nas escolas e que degrada, de forma acelerada, o seu funcionamento.

A Plataforma Sindical dos Professores considera que, face a esta situação, é tempo de os professores e educadores voltarem a ocupar as ruas e a exigir uma profunda e urgente alteração desta situação negativa."


Com o objectivo de tornarem públicas as lutas que serão propostas aos professores, as organizações da Plataforma Sindical dos Professores promovem a seguinte:



CONFERÊNCIA DE IMPRENSA

QUARTA, 15.OUTUBRO – 17 HORAS

LISBOA, HOTEL MARQUÊS DE SÁ

Contamos com a presença dos(as) Senhores(as) Jornalistas.

A Plataforma Sindical dos Professores "

http://www.fenprof.pt/?aba=27&cat=95&doc=3666&mid=115

Agora é estar alerta no pós 15 de Novembro.

Pedro Castro disse...

Eu hoje estou desastrado e leiam "acabarão"...opss

Moriae disse...

Pois ... também penso que se virassem as costas a tantos professores, numa altura destas (até porque eleições são para todos) não estariam a ser inteligentes.

Desse modo, tens toda a razão em alertar para o depois do 15 de Novembro mas também para o antes ... Neste momento não confio mesmo na FENPROF.

Quantos aos lapsos de teclado ou o que for, não te preocupes ... Escreves muitíssimo bem :-)

Moriae disse...

Safira,

a ser assim, é ridículo até dizer chega! Dá vontade de rir e vai ter consequências!

Eu sei que estamos no meio de um pesadelo mas ... essa é trágico-cómica!

Obrigada pela info!
M.

Pedro Castro disse...

Moriae

Vai ao blog do Ramiro, a coisa está preta!

Pedro Castro disse...

Duas manifestações!

Realmente este sistema é um polvo! Há que eliminar os tentáculos deste polvo.
Demonstra jogadas de bastidores pouco claras , para não dizer outra coisa.

Parece que a manifestação da Fenprof é a 7 de Novembro...

ramiro disse...

Moriae!
Excelente imagem!
Agora tudo está mais claro e as ilusões acabaram. Estou a promover campanha de desvincluação sindical. A nomenklatura sindical precisa de ser castigada!
Abraço

Moriae disse...

Ramiro, o Kaos é um mestre! Um verdadeiro artista para além de querido amigo.

Quanto a campanha de desvinculação sindical, penso que nem é necessária ... os professores não sou tolos.

Há contudo algo que gostava de saber, o número real dos profs sindicalizados ... Um passarinho disse-me que tinha ouvido dizer que seria interessante ...

Abraço,
M.