20081123

Nota brevíssima

Lá me desculparão a impertinência, mas esqueci-me, no meio desta balbúrdia toda, que o núcleo inicial do "The Braganza Mothers" tinha começado a sua actividade, AQUI, em Novembro de 2005, contra a candidatura do Aníbal.
3 anos depois, viu-se que tínhamos razão.
A única coisa que em Portugal está de pedra e cal são os escândalos e a corrupção e... ah, sim, Lurdes Rodrigues, esse espantalho que se presta a todos os enxovalhos, e parece que ainda ninguém percebeu por quê.
Como prometi, a nota será breve, até porque já todos terão verificado que, sempre que se atira uma bola à boneca de trapos, imediatamente emerge um Augusto Santos Silva, um Sócrates, um imbecil qualquer, para a defender.
O último, por acaso, veio trazer alguma luz, às "orchestral manouvers in the dark" que, por detrás dela se ocultam. Aquele crápula, incompetente, do Politécnico da Covilhã e das faltas injusticadas de Penamacor, sonha, e é um sonho partilhado por muitas mentes minúsculas do Crime Organizado que nos governa, e já deve ter sido escrito em N lugares, mas eu volto a repeti-lo, é transformar os Professores, do Ministério da Educação, em "Formadores", do Ministério do Trabalho, Escravos preparadores de novos escravos, com recibos verdes, a 5 € à hora. De certo modo é o "Brave New World", onde as habilitações mais elevadas acabarão nuns semestes de mão-beijada, eventualmente dados por ilustres licenciados da Independente, como Armando Vara, ou Doutorados da Lusófona, como Vasco Franco.
Não corram com ela, não.
Será uma agradável nova Idade Média, para si e para todos.
(P.S. - Desculpem-me não escrever mais, mas estou com os auscultadores a ouvir "La Cetra", op. 9, de Vivaldi, para evitar olhar para o espelho e desatar a chorar, à minha pala e de mais 10 000 000 de condenados...)


(Pentagrama vivaldiano, no "Arrebenta-SOL", no "A Sinistra Ministra", no "Democracia em Portugal", no "KLANDESTINO", e em "The Braganza Mothers")

1 comentário:

Moriae disse...

Nem penses em chorar por essa gente!
Estou como tu, a ouvir boa música com auscultadores :-)
É proibido chorar amigo! Pelo menos por causa deles ... Já fizeram qb.
Abraço da amiga,
M.