20081123

CALMA AÍ !!!



Temo, quase tanto, as ideias dos sindicatos como as desta ministra… Será que ainda não conseguiram perceber que a avaliação não é uma questão isolada? Este modelo de avaliação integra-se no novo Estatuto da Carreira Docente e é aí que começam os problemas… A ele seguem-se as outras idiotices legislativas, os novos Estatuto do Aluno, Modelo de Gestão Escolar e Modelo de Concurso de Professores. Não se podem isolar as partes do todo, se há partes do ECD que estão profundamente erradas a questão deste modelo avaliação não é sequer a mais grave, esta, por absolutamente impraticável, estava à partida condenada ao fracasso, aliás, penso que as outras lhe seguirão pelo mesmo motivo. A não ser que a política de destruição da educação em Portugal seja para continuar… Bom nesse caso, deixem voltar os reitores, motivem os professores esmagando-os, imbecilizem de vez os alunos e deixem andar esta merda…

5 comentários:

Anónimo disse...

Temer quem luta por nós é, no mínimo, sinistro.

mariazeca disse...

“Neste processo não há entendimento possível com o ME. Não há solução intermédia entre suspensão e aplicação. Sem suspensão não há qualquer hipótese de negociação com o ME e toda a luta se manterá! A negociação de um novo modelo deve fazer-se no quadro da revisão do ECD e quanto a uma solução transitória para este ano, apenas para quem precise, tem por pressuposto obrigatório a suspensão da avaliação”

Mário Nogueira, 23 de Novembro, 18 horas

A Sinistra Ministra [secretariado] disse...

Revisão do ECD é mau ... revogação, bom.

De resto, oxalá ... há dias quis acreditar novamente mas ... estou com mau pressentimento.

Não vejo possível a revogação do modelo sem a revogação do ECD macabro de 19 de Janeiro.

Há que dar o benefício porque nada seria melhor do que sentir-me representada pelos sindicatos. Suponho que muitos de nós sentimos desse modo.

Abraço Mariazeca

mariazeca disse...

Obviamente, revogação do modelo implica REVISÃO do ECD. Se começamos a pedir a REVOGAÇÃo do dito, rapidamente, dito assim, poderemos perder o direito a ele, e ao que significa AINDA termos um estatuto.
Pensa nisso. Sem reacções muito primárias e algo à Carneiro (por mim falo...)
Abraço, Secretariado! ;)

quink644 disse...

"Temer quem luta por nós é, no mínimo, sinistro." Pois pode ser, mas é a vidinha... e alguns escaldões...