20090209

Divulgação: As Aventuras de Albino Almeida (leia aqui)

Sub título: "A Aventura de Albino Almeida e o Magistério Primário que nunca mais terminava (durante mais de 6 anos?!)

Factos:

1. Albino Almeida, disse:
"Os professores que me marcaram pela positiva foram os que me conseguiram explicar de que modo me seria útil aquilo que eu devia aprender. Entre eles o professor Óscar Lopes. Ele leccionava Lógica Matemática, uma componente do curso da Escola do Magistério Primário do Porto. E chamava a atenção para a necessidade de sermos rigorosos na linguagem para podermos ensinar correctamente os alunos. Dizia que a matemática era uma linguagem que correspondia ao pensamento e que o pensamento era muitas vezes traduzível por palavras. Este princípio era válido, por exemplo, para o ensino da tabuada. Isto porque, na altura, nós dizíamos a tabuada como diziam os nossos avós e pais: um vez um, dois vez um, três vez um. E o professor Óscar Lopes dizia que era um vez um, duas vezes um, três vezes um.
Pela negativa marcou-me um professor que me ensinava Francês no colégio. Era excelente em termos de competência, mas destaco-o por ter sido protagonista de uma cena muito violenta. Agarrou um colega meu pelos cabelos e bateu-lhe com a cabeça três vezes no quadro. Tudo porque ele se enganou a escrever uma palavra quando estava no quadro a fazer um ditado. Isto aconteceu antes do 25 de Abril de 1974." (Fonte: A Página )
O que me disseram e eu acredito:
"Para aqueles que não sabem o Dito senhor Albino tirou o curso do Magistério Primário no Porto no ano de 1979, precisamente no mesmo ano que eu." (Fonte: Salvaguardada)
Albino Almeida frequentava o Curso do Magistério Primário 'antes de 1974'. Albino Almeida terminou o dito Curso em 1979 logo Albino Almeida aparenta alegadas afinidades com personalidades importantes que demoram anos a tirar Cursos. Entenda-se por Curso tudo o que a pessoa entender como tal. Exemplos de Cursos: a) o Curso de Engenharia do Exmo Sr. Primeiro Ministro; b) o Curso base da Senhora Ministra da Educação que, curiosamente, e alegadamente, também se terá formado pelo antigo Magistério. Eu não sei .... Eu não vi.

Depois disto, estou enjoada.

***** ÚLTIMA HORA*****20:49

ADENDA - Enganei-me ... saltei parte do texto e afinal antes de 1974 o menino Albino ainda andava no Colégio!!! Assim, é bem provável que até tenha sido um aluno exemplar no Magistério Primário! Sorry, sorry, pardoné moa :-( Assim, ignorem o que está a Cor-de-Rosa do tipo PS p.f.)

11 comentários:

Portaria ILEGAL disse...

Aprenda a roubar Portugal aqui: http://portaria-59.blogspot.com/

Anónimo disse...

Agora é que eu percebo porque tens pavor de ser avaliada. Não petiscas nada de pedagogia. Olha que a avaliação incide exactamente nesse domínio. Despacha-te enquanto é tempo e inscreve-te numa formaçãozita. A Confap organiza e, se não te portas com juízo, também te poderá desorganizar. Vê lá isso, tristeza...

Anónimo disse...

"Dizia que a matemática era uma linguagem que correspondia ao pensamento e que o pensamento era muitas vezes traduzível por palavras."

Homem dotado!

Anónimo disse...

"Frequentou também o curso de Psicoterapia
Familiar e Psicodrama do Dr. Alfredo Soeiro, como aluno convidado do Instituto
Espanhol de Cultura. " http://frapav.org/pipermail/newsletter_frapav.org/2006q1/000316.html

Lógico!

Hurtiga disse...

Até pode ter feito o curso aos dez anos e ter somado mais vinte curso ao curso... nada disso altera nada... o Albino é um vendido! O Bininho não vale nem zero!
Abaixo o Bininho!

Anónimo disse...

Saber que ele é bacharel da educação é importante ... dá-lhe mais credibilidade. Até pela forma como escreve e se expressa oralmente.

M.

quink644 disse...

O inenarrável Albino Almeida Dr. começa a ser mais um problema para Portugal, se é professor primário, há altura, não é Dr.. Certo?
Os profs primários começam a ter muita gente pela qual começam a ter que responder, começo a ganhar-vos asco... O quê que vos transmuta de anjos para bestas?
Defendam-se, pelo menos dos casos mais gritantes que são do conhecimento público, mesmo se eles, sabe-se lá porquê, ocultam isso no seu curriculum...

AAGS disse...

Ainda não percebi qual o asco de ser prof. primário...
Completei o 12.º no Rodrigues de Freitas; fiz o Magistério Primário, também, no Porto (3 anos – bacharelato); Concluí o CESE em 1.º ciclo na ESE (2 anos - licenciatura). Não consigo perceber o porquê de se comparar, nesta página, o meu percurso académico ao do Albino ou, até, ao do 1.º Ministro. Acabei a minha formação académica com 5 anos de estudo superior.
Lembro que, naquele tempo do Magistério Primário, havia muitos professores dos outros ciclos que ou nem sequer eram professores, isto é, apenas se desenrascavam a dar umas aulas, ou vinham de cursos, também, médios. Hoje em dia ainda encontro muitos colegas, especialmente de Matemática e expressões mas, tb, de Português e geografia, com bacharelato.
Será que quem trabalha nas eb23 e secundárias é que tem formação fiável? Não se esqueçam que maior parte dos professores do 2.º ciclo, portanto professores preparatórios (sim, porque se chamam professores primários aos professores do 1.º ciclo, indo buscar à antiga nomenclatura o nome da sua profissão, então, pela mesma ordem de ideias, os professores do 2.º ciclo são professores preparatórios) têm, como base, o mesmo curso do Magistério (na altura deles ministrado nas ESE’s).
Penso que enquanto houver estas divisões e estes estigmas uns relativamente aos outros, os políticos deste país estão à vontade para mandar na nossa classe.

quink644 disse...

Não era nada excelente, era péssimo, se fosse bom tinha-te esfocinhado essa tola contra o quadro até a porcaria que lá tens dentro ter escorrido por baixo da porta...

'A Sinistra Ministra' disse...

"Nunca houve nenhuma cadeira no Magistério que fosse designada por Lógica. O que se leccionava era a Lógica matemática como um conteúdo programático da cadeira de matemática; nuns Magistérios no 1º ano e noutros no 2º. Foi isso que aconteceu comigo pois fiz o 1º em Viana e o 2º no Porto. No 3º a história era outra.
Portanto há algo que não bate certo na cabeça do dito cujo"

'A Sinistra Ministra' disse...

"Nunca houve nenhuma cadeira no Magistério que fosse designada por Lógica. O que se leccionava era a Lógica matemática como um conteúdo programático da cadeira de matemática; nuns Magistérios no 1º ano e noutros no 2º. Foi isso que aconteceu comigo pois fiz o 1º em Viana e o 2º no Porto. No 3º a história era outra.
Portanto há algo que não bate certo na cabeça do dito cujo"