20080109

ISTO NÃO É ESCOLA INCLUSIVA E NÃO ENTENDO PORQUE ESTÃO TODOS CALADOS!

«Escola menos inclusiva

Foi publicado (7/01/2008) o Decreto-lei nº 3/08, que define os apoios especializados a prestar no sistema educativo.
A FENPROF lamenta que este "novo" modelo de organização da Educação Especial:
- utilize a Classificação Internacional da Funcionalidade e Saúde (CIF) para avaliar pedagogicamente os alunos;
- assuma, com demasiada clareza, que a educação especial passa a ser uma medida exclusivamente destinada aos alunos com limitações graves e permanentes;
- possa levar à manutenção do abandono e insucesso escolares, porque os alunos com necessidades educativas especiais não abrangidos pelo modelo médico-psicológico, não serão considerados pelo sistema educativo.

Assim, a FENPROF reafirma: * Que a educação inclusiva é uma componente da educação para todos e deve ter lugar numa escola pública, gratuita, de qualidade, democrática, logo inclusiva; * Que está em causa o direito à educação, como direito humano fundamental, colocando em risco o principio de que a escola pública é instrumento imprescindível à realização desse direito;

Vítor Gomes (Coordenador Nacional da Educação Especial)» (AQUI)
E eu pergunto:
- repararam que ficaram excluídos milhares de alunos i.e aqueles que têm Deficiência Mental?
- Há muito mais a dizer sobre tudo isto ... A FENPROF afinal ... E o SPRC nem sequer fala no assunto ... Ora bolas!
OK, mãos à obra ...

6 comentários:

Miguel Pinto disse...

A reacção do SPN está aqui: http://www.spn.pt/?aba=27&cat=6&doc=2027&mid=115

Miguel Pinto disse...

Peço desculpa, Moriae, mas não entendi o sentido desta entrada.

Moriae disse...

E a do SPGL aqui: http://www.spgl.pt/artigo_simples.aspx?sid=78662b3c-8132-44bf-9ea2-e1ec24d062b7&cntx=nxcRUEnLM%2FB2gaiiwFlq3%2BByd5dQyxW8WhFfzXBX1BcUagbjSCCPHqyNCDSmxSY5XVNqVOHs9ukqnYRth5uf77gpF65jzPzZVncFqRH2kOk%3D
e sei que a do SPRC não se fará tardar. Já conhecia a do SPN (que até me levou ao artigo do Santana Castilho), obrigada ... mas, essencialmente, bem-vindo.

Moriae disse...

Miguel, se não se importa, explica-me a que entrada se refere?

Miguel Pinto disse...

Agradeço a afabilidade. Apesar de não deixar marca (as modernices dos leitores "RSS" servem para isso ;)) e de comentar muito pouco sou um leitor assíduo.

Quanto à minha dúvida, refiro-me precisamente ao título desta entrada. Os sindicatos estão todos calados? É isso? O que deveriam ter dito?

Moriae disse...

Olá Miguel :)

Bom, o nome da entrada tem a ver com a sociedade em geral. Na minha perspectiva este decreto é anti constitucional. Não respeita as declarações dos direitos humanos, do cidadão com deficiência entre outros acordos entre os quais a Declaração de Salamanca, que considero a menos importante para o caso.
O facto de pura e simplesmente não estar presente o termo "deficiência mental", ou um sinónimo sequer ou aproximado, faz com que a maioria das pessoas que precisam e têm direito sejam tratadas de forma normalizada.
Entretanto, sobre os sindicatos, realmente deixei passar notícias importantes (o Mário nogueira por ex.) e não sabia de algumas diligências da FENPROF. O que li nos sites considerei pouco. E, precipitada, talvez, 'berrei'.
Entretanto, o próprio Mário, que teve, como sempre, a disponibilidade para ajudar, explicou-me e referiu as iniciativas em curso. Desse modo, coloquei o post seguinte.

Obrigada :)
Abraço,
M.