20080410

Bem mais descansada!!! [II]

Colega,

Acredite que não é necessário pensar, sequer, uma vez, pois não está colocada qualquer hipótese de Acordo com MLR. Só se essa revogasse o ECD, a Gestão, a legislação sobre Educação Especial e, qual cereja em cima do bolo, se demitisse.

Quanto a alguma solução que desbloqueie a actual situação de conflito, passa pela aceitação, pelo ME, das propostas que hoje levaremos (hoje no nosso site).

Quanto ao "capitularem mais uma vez", sinceramente, não consigo lembrar-me qual foi a vez anterior, o que recordo, isso sim, é que em 8 de Março estiveram 100.000 colegas na rua, convocados pelos seus Sindicatos. Como é evidente, não deixaremos de honrar os nossos compromissos. Não por qualquer razão que pudesse ditar o "nosso" fim, mas porque esse fim, enquanto Professores que somos, seria o de todos nós Professores.

Com os melhores cumprimentos

Mário Nogueira

4 comentários:

Anónimo disse...

Conhecer outras realidades...como a realidade escolar vivida em Cuba e aqui retratada por Yoani Sánchez , no seu Blogue Generación Y.
http://desdecuba.com/generaciony/
Suspeito que O Partido do Mário que é contra a avlaiação apoia mais este modelo de ensino que neste blogue é tão bem descrito.

Anónimo disse...

Caro Palhaço (à falta de nome, tomo a liberdade...)
O Partido do Mário, como o caro Palhaço diz, pode ser ou não contra a avaliação (duvido e muito) mas o que está aqui em causa não é o Partido do Mário nem sequer o Clube de Futebol que ele gosta... O que está aqui em causa é a posição da Plataforma Sindical de que a Fenprof faz parte bem como de todos os professores (que como deve calcular, meu caro Palhaço, não são todos do Clube do Mário nem do Partido do Mário) e que defendem a avlaiação e sempre a defenderam. Não a porcaria pretendida pelo ME mas algo que de facto contribua para o enriquecimento profissional bem como a melhoria do Sistema Educativo Português.
Para terminar, caro Palhaço, tomáramos nós o sistema educativo de Cuba. Veja a realidade cubana nos tempos do amigo americano e o que existe actualmente. Não confunda sistema político com sistema educativo. De igual só têm a palavra sistema.
Recomendava-lhe, caro Palhaço que lesse algo do A Chomksy (é americano!!! e professor universitário do mais elevado nível) para que aprenda algo sobre Cuba, América Latina e o amigo americano.
Assim talvez não fizesse tanta figura de urso... Perdão, de Palhaço.
Gato

A minha vénia respeitosa a todos os grandes profissionais dessa arte circense. Não é o seu caso, anónimo palhaço!

Anónimo disse...

Caros colegas: eis um óptimo exemplo do que as escolas podem e devem fazer HOJE.

Digo as Escolas e os professores, e não os CP´s e os PCE; há que fazer plenários de professores de preferência depois da hora lectiva e aprovar propostas contra esta avaliação burocrárica e inviável.

Dou um exemplo: numa escola sec de Almada onde a PCE punha e dispunha, também no cons pedagógico onde fez aprovar os 4 super departamentos de forma ilegal; eis se não quando um grupo de profs convoca um plenário de escola para as 18H30 de ontem e é aprovada uma proposta, por larga maioria,estando presentes os 100 profs da escola, onde se manifestam contra este modelo de avaliação e propõem que os contratados sejam avaliados através de um relatório!

Derrota estrondosa do CE que no final quis identificar os profs que votaram maioritariamente através da sua assinatura num papel…. o que foi obviamente recusado.

Acham ainda que com este Ministério se podem fazer acordos ???’

António

JSerra disse...

uff...
foi importante esta mensagem do Mário.