20080416

'Lembrem-se de Pirro' por Santana Castilho (Público.pt)

'Lembrem-se de Pirro' por Santana Castilho, PUBLICO, 16.04.2008.

10 comentários:

Anónimo disse...

Grata por me dar voz, caro Santana Castillo!
Este "ACORDIMENTO" (ACORDO+ENTENDIMENTO)vai sair caro, olá se vai! Aos profs, mas também aos sindicatos... Amanhã já não serei sindicalizada. "Venham mais cinco..." Convido todos os colegas a fazerem o mesmo!
Maria José Sousa

Anónimo disse...

Para mim sempre foi claro que o Mário Nogueira e outros sindicalistas nunca foram capazes de entender o que tinham entre mãos. Falou mais alto as suas raízes dos "amanhãs que cantam" e o pragamatismo estalinista. Por vezes é necessário defender princípios e o que estava e está em causa é a dignidade duma profissão. Será que eles sabem o que isso é, estando afastados das lides lectivas?

Pata Negra disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Pata Negra disse...

Tinha escrito um longo comentário e eliminei-o por erros gramaticais.
Talvez tenha sido um sinal!
Vou só dizer: por uma situação idêntica estive sem ser sindicalizado 12 anos - não voltarei a cometer semelhante amuo!
Estarei entre acordos e desacordos dentro do sindicato, só assim me sentirei no direito de exigir dele!
Não se enervem! Isto é uma guerra! Mesmo que discordemos vivamente do comando não é hora de correr em debandada!

Paula disse...

Ao contrário do pata negra, em trinta anos fui sempre sindicalizada. Não sou dada a amuos; mas não faz qualquer sentido para mim permanecer como sócia de um sindicato que faz coisas que me repugnam. Até a colega que supostamente me vai avaliar quando essa cegada começar estava enojada com a ideia de receber um suplemento pecuniário para o fazer.
Ontem telefonei para o meu sindicato. Já lhes disse que na próxima sexta-feira utilizarei o meu dia de "folga" para ir cortar o cartão na presença deles.

Anónimo disse...

Este homem é um ex-secretário de estado do PSD, diz isso apena spor táctica política é um professor "universitário" que é licenciado em educação dísica e dá uals na ESE de Santarém...ainda vai para o Grupo do Menezes de Gaia

Anónimo disse...

Pode-se concordar ou não com Santana Castilho. Mas que a "vitória esmagadora" é um embuste com todas as letras, disso não há dúvidas. Vejam no site do SPGL o resultado da sondagem "O "Entendimento" obtido no dia 12 de Abril entre a Plataforma Sindical e o ME é: um texto inaceitável (72%); um texto aceitável (24%); um bom texto (4%)". O que mais ouvi hoje foi a frase "para mim, chega de sindicatos".

pé-de-salsa disse...

Mas quem é que nos vai representar no futuro. Com quem é que o ME irá discutir ou negociar. Será que cada um por si conseguirá obter alguma coisa. É preciso parar para pensar. Pessoalmente, também não concordo com o resultado do acordo mas e há sempre um mas...
Penso que devemos esperar. A plataforma deve ter alguns trunfos na manga, só que o segredo é a alma do negócio.
Vamos todos acreditar.

Pata Negra disse...

Paula
ainda não ouvi dizer a nenhum colega socialista que tenha rasgado o seu cartão do partido!
Tens o direito de o fazer! Receio que estejas a servir o jogo dos nossos verdadeiros adversários! Gestos dessa indignação tens muita gente a quem os fazer, olha à tua volta!
Da minha parte respeito a tua liberdade, já desci e subi muitas vezes a avenida e tenho a certeza que, enquanto tiver força e lucidez para o fazer, o terei de fazer muitas mais vezes!
Tenho também a certeza que se a MLR te ver no Youtube a rasgar o teu cartão dará gargalhadas de satisfação!
Mas enfim, pena é, que muitos dos que te entusiamam nem sequer tenham cartão para rasgar! Vai com eles!
Um abraço de colega

Anónimo disse...

Santana Castilho foi sub-secretário de estado no VIII Governo Constitucional, constituído pela coligação Aliança Democrática. Falamos de 1983. Mas mesmo que falassemos de ontem, há alguma inverdade no texto que escreveu?