20071220

Pai Natal de Luto à porta do ME: firmeza e determinação redobradas em 2008

A melodia que nesta época do ano se ouve com mais frequência - "A todos um bom Natal" - animou a Av. 5 de Outubro, na tarde cinzenta de 19 de Dezembro, embora com uma letra um pouco diferente: A todos um bom NatalDesejo um bom NatalE que na EducaçãoNada fique igual
A iniciativa, realizada na tarde de 19 de Dezembro, pertenceu à FENPROF e nem a chuva, por vezes tocada a vento, nem o frio, impediram que, frente ao Ministério da Educação, se ouvissem, bem alto, os justos protestos dos docentes, quer sob a forma de cânticos, quer na mensagem deixada pelo Pai Natal de luto, quer ainda na decoração alusiva, colocada na placa central da Av. 5 de Outubro (uma árvore negra, com bolas igualmente pretas, simbolizando os pontos negros da política educativa do Ministério da Educação). Participaram vários dirigentes da FENPROF e dos SPs, que mal cabiam nos dois abrigos improvisados. O cantor António Costa colaborou na dinamização da iniciativa.Num comunicado divulgado à população ("Já chega de políticas negativas para a Educação! É tempo de mudar!), a FENPROF sublinha que "a Educação é uma responsabilidade colectiva" e deixa um desafio aos cidadãos:"Em 2008, defenda uma educação de qualidade para todos; lute por uma efectiva mudança de política". Em diálogo com os jornalistas que acompanharam esta acção, o secretário-geral da FENPROF garantiu que em 2008 será aprofundada a contestação ao ECD do ME, "desde logo na semana que termina a 19 de Janeiro, com acções que pretendem dar visibilidade ao Dia Nacional de Luto dos Docentes Portugueses". / JPOOuvimos e registámos
"Fiz um pequeno desvio e trouxe o trenó à 5 de Outubro, onde me solidarizo convosco, os que são forçados, ao longo do ano, a (con)viver com esta equipa ministerial. Estou convosco nas críticas que têm sido dirigidas ao Governo e ao Ministério da Educação. Tenho até já respondido aos Professores que me dirigem mensagens pedindo, para este Natal, uma carreira digna, a mudança de politica, horários adequados, uma avaliação do desempenho justa, uma escola mais democrática, entre outras, tenho-lhes dito que essas coisas só se conseguem com muita luta, coragem e persistência!" / Mensagem do Pai Natal de luto"É Natal e, nesta altura em que se apela à reflexão sobre os mais nobres valores da civilização, decidimos dirigir-lhe algumas palavras.Os professores vivem momentos de desilusão e revolta pelas medidas que o Governo vem impondo, sem diálogo, sem negociação e sem uma avaliação da situação actual que permita corrigir os erros do passado. Estas medidas têm provocado uma situação cada vez mais negativa na Educação, onde se avolumam problemas cada vez mais difíceis de resolver" / Do comunicado à população"A razão que nos assiste e a justeza das posições que defendemos dar-nos-ão a força suficiente para não desistirmos e, pelo contrário, sermos cada vez mais fortes e ousados na luta que continuaremos a travar". / Da intervenção de Mário Nogueira, secretário-geral da FENPROF"O trabalho dos professores é muito importante para o País. Deviam ser acarinhados e não atacados pelo Governo. Sócrates andou para aí a gabar-se do êxito da reunião dos políticos da União Europeia, mais valia pôr os olhos na situação do País, dos trabalhadores e dos reformados..."/ Comentário de um cidadão na Av. 5 de Outubro

"O Ministério da Educação recebeu este ano mais cedo o Pai Natal que lhe deixou uma mensagem sobre as políticas educativas. A FENPROF colocou bolas negras numa árvore de Natal que representam os pontos negros da política educativa da ministra Maria de Lurdes Rodrigues." / Rádio Clube Português, 19/12/2007
Comentários do Pai Natal de luto às bolas negras da árvore instalada na 5 de Outubro: Bola ENCERRAMENTO DE ESCOLASPai Natal: Ora para essa tenho aqui...tenho aqui...um saco de plástico. Serve para os meninos levarem os pratos e os talheres para comerem na escola que eles pensavam que era nova...Oh-Oh-Oh
Bola INDISCIPLINA E VIOLÊNCIA NA ESCOLA.Pai Natal: Para essa tenho o X-Man. Com ele, vamos conseguir manter a calma nas escolas...Oh-Oh-Oh
Bola CONDIÇÕES DE TRABALHO.Pai Natal: E sai uma bela calfeta. Com ela, as aulas correrão melhor, sem o frio que é habitual Vai dar muito jeito para os próximos meses de trabalho... Oh-Oh-Oh
Bola HORÁRIOS DE TRABALHO .Pai Natal:E agora um despertador, dos bem barulhentos. Vai ser muito útil para os professores conseguirem chegar a casa ainda com a família acordada...Oh-Oh-Oh
Bola EXAME PARA INGRESSO NA PROFISSÃO.Pai Natal: Olha deixa cá ver.. sai este cesto do lixo. Serve para os jovens professores deitarem fora o seu certificado de habilitações, por só terem conseguido 19, 18, 13 no exame... Oh-Oh-Oh
Bola AVALIAÇÃO DO DESEMPENHO.Pai Natal: Olha que belo salpicão. Vai ser preciso vai, quando tiverem de se aplicar as cotas para saber quem serão os que poderão ter a avaliação merecida... Oh-Oh-OhBola FRACTURA DA CARREIRA.Pai Natal: Um banquinho . Um banquinho, pois, é que os professores bem podem esperar sentados que o governo decida abrir as vagas que lhes permitirão chegar ao topo da sua carreira... Oh-Oh-Oh
Bola ALTERAÇÃO DA GESTÃO ESCOLAR.Pai Natal: Este chapéu alto vai ajudar, e de que maneira, a ficar melhor o perfil do candidato a senhor director...Oh-Oh-Oh
Bola ACTIVIDADES DE ENRIQUECIMENTO CURRICULAR .Pai Natal: Vou dar este lencinho. Tenho por ele uma grande ligação afectiva, pois era com ele que eu jogava ao "mata", à "cabra-cega" e a tantas outras brincadeiras. Coitadinhas das crianças que hoje nem depois das aulas têm tempo para brincar...Oh-Oh-Oh
Bola EDUCAÇÃO ESPECIAL.Pai Natal: Vou oferecer este cordel. Sim, um cordel. Se o ME cortou os apoios e colocou professores sem formação no Especial, só há resta atar os meninos às pernas das mesas... como antigamente! ... Oh-Oh-Oh
Bola ILEGALIDADES NOS CONCURSOS.Pai Natal: Ai que bela banana, que eu vou agora oferecer. É que todos pensavam que estavam num Estado de Direito Democrático não era?! Pois era, mas com esta DGRHE mais parece que estão numa República das Bananas. E lá na Lapónia, onde as renas tomam café com os polícias, é que vos parecia um país de tontos, não era?... Oh-Oh-Oh
Bola DESEMPREGO.Pai Natal: Já vem dobrado este jornalzinho. Está dobrado para dar mais jeito a estes potenciais trabalhadores da arrumação automóvel. São mais de trinta mil! Oh-Oh-Oh
Em jeito de despedidaVou para outro sítio. Onde os Pais Natais não precisam de andar de luto como aqui. Mas para o ano que vem ficam a saber que quero visitar-vos vestido de vermelho. Só que isso não depende de mim, mas de vocês, ouviram?! Têm de continuar a lutar para que no próximo ano não seja preciso estarmos de luto quando deveríamos estar em festa. Adeus, adeus! Oh-Oh-Oh


http://www.fenprof.pt/?aba=27&cat=95&doc=3022&mid=115
http://www.fenprof.pt/?aba=27&cat=95&doc=3023&mid=115

3 comentários:

comentario disse...

E entretanto os estudiosos do ISCTE devem estar a preparar uma prenda de Natal:
http://jn.sapo.pt/2007/12/20/primeiro_plano/escolas_oficiais_escolhem_alunos_bas.html

Rui Caetano disse...

Dirigir este país é o que é, mas então a educação ainda pior. Um Bom Natal.

comentario disse...

Pior que o desinvestimento na Educação, seguindo o rolo do fáx e o tambôr térmico, estão a colecta mínima, os pagamentos por conta e os especiais por conta e tudo o que está por fazer (falhou o gás natural?). Este País, de grandes potencialidades, dizem, está muito mal entregue, dizem que à bicharada.
Se não houvesse educação, aí sim, estávamos todos tramados, a traficar orgãos nos autocarros e no metro, a vender a cultura ao desbarato, por enquanto , MJPires na mesma embalagem do Pessoa, tipo pague 1 leve 2, leve 1 Mozart e pague 2 Beethoven, saque um Tchaikovsky e leve 2 Shokostaviches, no cartão, juntamente com 2 quilos de arroz e o sempre presente Mahler, socialista de tutano. Claro, sem cartão não dá descontos.
A sociologia educacional já deu o que tinha a dar, estamos todos setorados de intelectuais do ensino e de outras coisas. Economia é outro assunto, é droga da pesada e há pessoas que morrem dessa doença, global dizem, por enquanto. Blábláblá e trálálá.