20080716

Em busca da redenção ... ou ... caminhos por percorrer

Na verdade, gostei de ler o que o Mário disse mas ... não chega ... de todo. Digo isso porque apesar de ter 60% de incapacidade até 2013 (nova avaliação) sei que posso trabalhar mas NÃO da maneira absurda que 'o sistema oferece' i.e. mais ou menos 200 alunos, 10 turmas, 22 horas mais as outras que perfazem as 35h sem tempo para me tratar, descansar, programar, desenvolver, etc et al. Fora as viagens (não posso guiar por ora e durante algum tempo de tratamento) ...

Imagem: scan de 'umas pequenitas partes' do DN de hoje

Em conclusão: O meu caso já me enjoa porque é meu ... e porque não vou deixar que me matem. Assim, por causa de muitos colegas que estão em circunstâncias semelhantes ou piores APELO à FENPROF que se tente redimir pelo que não fez e que mostre a força que PODE TER. Eu darei uma segunda oportunidade aos sindicatos. Estou a pensar voltar a sindicalizar-me para poder com legitimidade refilar PORDENTRO. Ouvirei os argumentos. Estudarei ... Mas ... ok???
Pode não servir de nada. Estou a partilhar pensamentos. É humano.

4 comentários:

Hurtiga disse...

M.
Professores descartáveis. Porque não políticos descartáveis? Faz mais sentido!

Quem está no ensino por escolha e por vocação ( e todos nós sabemos que os há que não estão nestas circunstâncias)não podem, não devem ser mandados fora como toalhete de limpar rabinho a meninos!

Eles andam por aí. NÓS SEMPRE CÁ ESTIVEMOS!

O raio que os parta, mais as leis deles, mais tudo o que puderem vir a parir, que só pode ser abaixo de zero!

Quanto ao sindicato, bem... a mim ainda nem se me aflorou a reconciliação... Se vier a acontecer, acho que ainda vai passar muita água debaixo da ponte até lá!

Moriae disse...

Pois ...


Quanto aos sindicatos, mantenho a mesma opinião: traíram a sua razão de ser com este acordo mas ... das duas uma, ou aprendem com a lição e daí a redenção ou então ... afigura-se-me um caminho a percorrer (que termina quando tiver de ser).

Espero que corra melhor para o ano porque é por demais óbvio que fizeram asneira da grossa e que está em causa a sua própria sustentabilidade.

Sei que há quem não tenha descanso dentro dos sindicatos ... quem trabalhe imenso e de modo totalmente honesto. Por esses,por mim, talvez me volte a sindicalizar. É irritante porque se os professores fossem mais interventivos as coisas não tinham chegado a este ponto ... E é por tentar pesar e ver os lados todos que estou a ponderar essa decisão.

Não é fácil ... e como da vez em que saí, partilho o que me passa pela cabeça :-)

ramiro disse...

Moriae! A minha solidariedade. Continua firme. A luta é bonita. Que fiques boa e depressa.

Moriae disse...

Obrigada Ramiro!

Estou a recuperar lindamente e vai correr tudo bem :-)
Abraço!